domingo, 18 de abril de 2010

Ópio

Depois do vento no rosto... e a sensação de parecer de certa forma com você em dados momentos , aqui estou eu...te esperando!
Que disperdício! A espera é algo... que castiga, mas quando termina...

É como brisa no rosto!

( Episódio dedicado:  ao ópio existente na presença de certas pessoas!
e que vicia... )

3 comentários:

  1. Algumas pessoas são mesmo apaixonantes.

    ResponderExcluir
  2. A espera condena nossa disposição de querer! Um bj moça.

    ResponderExcluir

O seu compartilhar é parte do fragmento.